Emocionado, Messi se despede do Barcelona e confirma negociação com PSG

Após mais de 20 anos de Barcelona, Lionel Messi se despediu do clube neste domingo. Numa emocionante e dolorosa entrevista coletiva no Camp Nou, o craque argentino, chorando muito, explicou porque não conseguiu seguir na equipe catalã e confirmou o interesse do PSG e de outros times.

Messi entrevista coletiva despedida Barcelona chora choro emocionado — Foto: Albert Gea/Reuters

Do lado de fora do estádio, centenas de torcedores fizeram vigília para tentar, pela última vez, ver o maior maior ídolo do Barça. Messi, entretanto, chegou por volta de 11h30 (horário local) num carro fechado e foi direto para o auditório, que estava ornado com os 35 troféus que ele conquistou no clube.

E não somente Messi estava emocionado. No auditório, familiares, jornalistas, amigos e jogadores do atual time do Barcelona, como Jordi Alba, Ter Stegen, Piqué e Busquets, também não seguraram as lágrimas.

– Nunca imaginei minha despedida, mas não teria imaginado assim. Eu gostaria de ter feito isso no campo, de ter ouvido os últimos aplausos. Senti saudades do público na pandemia, de poder comemorar um gol com eles. Estou saindo deste clube sem vê-los há mais de um ano e meio. Se eu tivesse imaginado, teria sido com o estádio lotado. Aconteceu assim e, repito, agradeço o carinho de todos esses anos. Passamos bons e maus momentos, mas o carinho sempre foi o mesmo. Reconhecimento e amor. Sempre amarei este clube. Espero poder voltar em algum momento para fazer parte deste clube. Espero poder contribuir com algo para que este continue a ser o melhor clube do mundo. Tenho certeza que esqueci um monte de coisas, mas é o que posso dizer agora – completou Messi, sendo aplaudido de pé por todos no auditório e despencando em choro mais uma vez.

“Meu contrato nunca foi um problema. Então o que aconteceu, aconteceu. Não poderia ser feito e é isso. Já sabíamos o que tínhamos decidido e planejado fazer. Não eram esperanças falsas. Estávamos todos convencidos de que seria possível (ficar). Fomos sempre honestos com as pessoas. Da minha parte nunca enganei ninguém. Baixei 50% do meu salário. Não havia mais nada a fazer. Fizemos todo o possível” – frisou Messi, dizendo que espera fazer uma despedida em campo do Barcelona em breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *